A homeopatia no tratamento da ansiedade

A ansiedade é uma reacção natural do nosso corpo ao stress. Quando estamos ansiosos, temos medo, nos sentimos tensos e preocupados.

Por pior que possa parecer, a ansiedade nem sempre é uma doença. Nas doses certas, ela é saudável, pois leva-nos a identificar situações de perigo e a reagir, a fazer planos e a prepararmo-nos para enfrentarmos adversidades. Se estiver controlada, a ansiedade serve como um estimulante.

Apesar do carácter normativo da ansiedade, o problema está no excesso, que pode causar sofrimento emocional e físico.

Segundo dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), este é o transtorno mental mais comum na sociedade moderna. Os tratamentos tradicionais utilizam medicamentos como os ansiolíticos e os antidepressivos. E são justamente estes medicamentos os mais vendidos no mundo.

Portugal é o quinto país entre os membros da OCDE que mais consome antidepressivos, estando acima da média dos países desta entidade no que diz respeito ao consumo de ansiolíticos.

O uso indiscriminado destas drogas pode causar efeitos colaterais como confusão mental, insónia, impotência sexual e agressividade, além de levar à dependência.

antidepressivos e ansiolíticos

Diante esta realidade, a homeopatia é um importante aliado. O tratamento homeopático tem eficácia comprovada no controlo da ansiedade, além de não causar efeitos colaterais nem dependência e de ser financeiramente mais acessível. Esta opção terapêutica também é recomendada a crianças e grávidas.

A homeopatia é indicada no combate a outros transtornos emocionais, como depressão, síndrome do pânico, medo e stress.

O medo e a insegurança

O stress a que somos submetidos diariamente na vida, em grandes centros urbanos, no trabalho, em casa, no trânsito e em diversas outras situações banais podem ser o gatilho para desencadear o medo e a insegurança.

Muitas pessoas vivem com receio de perderem o emprego, de adoecerem, de entrarem em locais cheios ou de ficarem sozinhas. Quando este medo se torna constante e passa a privar-nos de levar uma vida normal, exige tratamento.

Por que não devemos ter medo?

O medo alerta o sistema nervoso simpático, responsável pelas alterações no organismo em situações de stress ou emergência, deixando o indivíduo em estado de alerta, preparando-o para reacções de defesa (luta ou fuga), produzindo adrenalina, noradrenalina e cortisol, substâncias que colocam o sistema imunológico sob stress.

Pelo contrário, o sistema nervoso parassimpático tem a função de fazer o organismo retomar o estado de calma. Por isso, é importante recuperar a serenidade, a tranquilidade e o relaxamento. A música, o amor, a amizade, ler um bom livro, retomar um velho passatempo, começando a reencontrar a nossa centralidade.

Esse equilíbrio estimula o sistema nervoso parassimpático, produzindo neurotransmissores benéficos para o corpo como a serotonina, a endorfina ou a acetilcolina, substâncias que nos tornam mais positivos.

Assim, nos dias de hoje, em que estamos em casa e ouvimos as notícias na televisão sobre o coronavírus, ficamos mais nervosos, ansiosos e o medo aumenta. Então, a partir de agora, devemos tentar ver menos televisão, menos notícias negativas, dedicando mais tempo a outras actividades que nos podem ajudar a relaxar.

Até podemos dizer que durante e após o isolamento muitas pessoas em todo o mundo sofrem de depressão, ansiedade e medo, falta de apoio, inseguranças financeiras e laborais, disputas e discórdias familiares, frustração e alcoolismo. Também sofrem de fadiga ocular, dores de cabeça e tensão no pescoço devido ao uso excessivo de monitores pequenos. Após o CoVid-19 e o isolamento, teremos que nos ajustar ao “novo normal”. O nosso objectivo é ajudar as pessoas a fazê-lo usando homeopatia bem prescrita. Agora é a hora de agir para que a nossa sociedade seja física e mentalmente mais saudável.

A ansiedade e o stress

executivo sofrendo de ansiedade, stresse e dores de cabeça

A ansiedade excessiva é uma forma do nosso organismo nos mostrar que a nossa energia vital está em desequilíbrio. Para termos qualidade de vida e evitarmos problemas maiores, como um colapso nervoso, é preciso observar as causas e as consequências deste quadro.

Já o stress é uma resposta do nosso organismo a acontecimentos que nos fazem sentir ameaçados e que acontece quando estamos sob pressão. Quando o nosso organismo está a funcionar adequadamente, identificamos a ameaça e ficamos em alerta. A homeopatia ajuda a restabelecer este equilíbrio, para usarmos estes sentimentos a nosso favor.

A ansiedade e o stress podem ser causados pelos mesmos mecanismos que geram o medo e a insegurança, como a pressão no trabalho, traumas e perdas, dívidas, problemas de relacionamentos etc.

Como o princípio da homeopatia é restabelecer o equilíbrio do organismo e a energia vital do paciente, o remédio homeopático também é ideal para o controlo da ansiedade e do stress.

A ansiedade infantil

A ansiedade não escolhe idade ou classe social, podendo atingir até crianças e bebés. Este transtorno tem crescido também entre os mais jovens.

criança com transtorno de ansiedade

Uma criança com ansiedade sente medo, diminuição ou excesso do apetite e pode ter dificuldade em concentrar-se nos estudos e fazer amigos.

Uma grande preocupação dos pais é os efeitos gerados pelos remédios utilizados nos tratamentos convencionais. Como já citamos, estas substâncias podem causar dependência, entre outros efeitos colaterais, e as crianças são as mais susceptíveis.

Já a homeopatia, não tem contraindicações, podendo ser utilizada em recém-nascidos ou idosos.

As crianças submetidas a tratamentos homeopáticos, seja por transtornos emocionais ou físicos, adoecem menos, são mais tranquilas e alegres.

A ansiedade na gravidez

A gravidez gera uma grande transformação na vida da mulher. A mudança da rotina, do corpo, das hormonas  e de tudo o que envolve a chegada de um bebé pode transformar-se em ansiedade.

A partir do momento em que estes sintomas têm consequências negativas na vida da mulher, é hora de procurar um tratamento.

No entanto, durante a gravidez, não é recomendado o consumo de uma série de medicamentos que podem vir a prejudicar a mãe e o bebé. Isto transforma-se em mais um dilema, ao qual a homeopatia apresenta uma alternativa.

Por não ter contraindicações nem efeitos colaterais, esta terapia não convencional é altamente recomendada durante a gravidez. Além de controlar o stress e a ansiedade, alivia desconfortos da gravidez, como náuseas e vómitos, azia, tontura, alterações do sono, prisão de ventre, infecções urinárias etc.

O mesmo ocorre no pós-parto. A actuação da homeopatia passa a ser, então, na cicatrização, produção de leite, redução do cansaço e também na depressão pós-parto.

Sintomas da ansiedade

A ansiedade pode ter sintomas variados:

  • Sintomas emocionais: tristeza, nervosismo, irritabilidade, tensão, medo, insegurança etc.;
  • Sintomas fisiológicos: aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca, transpiração, secura da boca, tremores, tonturas, falta de ar, dores de cabeça e musculares, insónia, etc.;
  • Sintomas comportamentais: impulsividade, agressividade, fala acelerada, etc.;
  • Sintomas cognitivos: dificuldade de concentração e de tomar decisões, preocupações excessivas etc.

Como agem os medicamentos homeopáticos no tratamento da ansiedade

A homeopatia no tratamento da ansiedade

Os medicamentos homeopáticos visam equilibrar a energia vital do paciente. A repetição da medicação ideal, associada a mudanças de atitude é o cenário ideal para a sua melhoria.

A homeopatia possui uma série de medicamentos testados e comprovadamente eficientes no tratamento de doenças psíquicas.

Na consulta, tentamos perceber a causa da ansiedade, os seus sintomas e o que pode ter dado origem a este sentimento.

A ansiedade manifesta-se de várias formas e apresenta uma infinidade de variações, cada qual com o seu medicamento. Por isso, é preciso entender quando a ansiedade aparece (se durante uma entrevista de emprego, uma viagem de avião) e o que o paciente sente (insónia, medo, dor de cabeça).

A prescrição realizada por um médico homeopata competente garante a selecção adequada do medicamento e o acompanhamento do caso. A melhoria na qualidade de vida do paciente tende a ser duradoura e tem impacto na sua saúde em geral.

Caso tenha sintomas de ansiedade e queira melhorar o seu quadro de saúde, entre em contacto para uma consulta homeopática online, recomendada neste momento de isolamento, ou presencial, quando a situação for normalizada.

Ficou alguma dúvida? Deixe-nos um comentário ou siga-nos no Facebook e Instagram.

Partilhar

One Response

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.